Lovers, do R. Magrite


Soube desde que botei os olhos em você de que teria que te dar de olhos fechados. O pouquinho que eu abri, olha no que deu, me perdi nas suas profundezas.
Devia de ter aberto menos...

Comentários

Ignorantão disse…
Não havia criatura divina ou humana mais bela que Psique. Contudo ela era uma simples mortal.
Certo dia ao descer do Olímpo, por ela Eros apaixonou-se...
O resto da história todo mundo sabe: eles construíram um grande momento, mas para escapar do ciúmes maternal de Afrodite, Psiquê jamais poderia ver seu amado e consequentemente o sururulele rolava no escurinho mesmo.
Mas a tentação, como sempre, foi forte demais. Ao acender o candelabro o doce ficou azedo, e o t grande ficou pequenininho.
E foi assim que a vida virou uma postagem do brogue da cúscula...

Postagens mais visitadas deste blog

Superstição!

Árvore da Vida, do Klimt