Madri



Gente, gente
Essa Madri 'e uma coisa linda. Chegamos aqui num domingo de sol, as quatro da tarde, quando todo mundo volta a sair na rua.
Esta calor, cerca de 13 graus, e a cidade é Babel, como eu gosto.
(Admito que tava com saudade de um barulhinho de ambulância e buzinas)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Superstição!

Árvore da Vida, do Klimt