Sabedoria Loreley

_ Ulisses, você se lembra de que uma vez me perguntou por que eu voluntariamente me afastara das pessoas? Agora posso falar. É que não quero ser platônica em relação a mim mesma. Sou profundamente derrotada pelo mundo em que vivo. Separei-me por uns tempos por causa de minha derrota e por sentir que os outros também eram derrotados. Então, fechei-me numa individualização que se eu não tomasse cuidado poderia se transformar em solidão histérica ou contemplativa. O que me salvou sempre foram os meus alunos, as crianças...

Não fui eu quem disse, foi a Lóri.

Clarisse, Uma aprendizagem ou O livro dos Prazeres

Comentários

Bia disse…
Acho que já te disse... Mas eu acho esse livro muito difícil de ler!
Talvez porque ele pareça tanto com a gente!

Postagens mais visitadas deste blog

Superstição!

Árvore da Vida, do Klimt