Cartaz amarelo

Encontrei-me recentemente com todos os meus livros, após uma separação de três anos. Brincando de oráculo com o drummond, encontrei

SENTIMENTAL
Ponho-me a escrever teu nome
com letras de macarrão.
No prato, a sopa esfria, cheia de escamas
e debruçados na mesa todos contemplam
esse romântico trabalho.

Desgraçadamente falta uma letra,
uma letra somente
para acabar teu nome!

- Estás sonhando? Olhe que a sopa esfria!
Eu estava sonhando...
E há em todas as consciências, um cartaz amarelo:
"Nesse país é proibido sonhar."


Voltei a ler a lápis, pras palavras correrem melhor e não se perderem por aí, longe da memória.

Comentários

Anônimo disse…
e aí, desencanou dos companheiros? liga nóis, vai??
Bjocas
Raquel
catchola disse…
Cuquinha....saudades nega... se eu escrever seu nome com macarrão, vc aparece? beijocas

Postagens mais visitadas deste blog

Superstição!

Árvore da Vida, do Klimt