Outras coisas

Muita gente fala sozinha no metrô. Acho que eu também.

O entardecer no Largo de Santa Cecília é algo de psicodélico. Tem holofotes, luzes de carros de polícia, objetinhos fosforecentes que vendem os camelôs, a chaminha do pipoqueiro e a fogueira do homem do yakissoba. Tudo isso, hoje, me deu a sensação de que eu havia comido mais doce do que o sonho de valsa diário.

Pedir demissão te dá uma sensação de liberdade muito legal. É a segunda da minha vida e tão aliviante! Sentirei saudades dos alunos, sempre, mas não serei cúmplice e nem porta-voz de coisas que não acredito.

Comentários

eder disse…
Engraçado como as outras coisas sempre estiveram lá, mas nem sempre as reparamos. Só mesmo um "doce" ou um corte pra nos fazer ver. Tardes desempregadas decodificam o mundo! Parabéns pela decisão difícil de largar o sacerdócio, mesmo que seja por enquanto ou mesmo pelo próximo que apareça. As saudades são geométricas!
erica disse…
amei!
por onde andas companheira?

Postagens mais visitadas deste blog

Superstição!

Árvore da Vida, do Klimt