Lição nº 2: Deixar a janela aberta

mais uma do googloráculo

"Levantei-me e procurei com a vista um cinzeiro para pôr o cigarro. Não havia. Abri uma banda da janela para jogá-lo no jardim.
- Posso deixar a janela aberta? Está quente... Sentada na cama ela ficou em silêncio."

Rubem Braga, 1947

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Superstição!

Árvore da Vida, do Klimt